terça-feira, 23 de junho de 2015

Novo volume de Oregairu!!!!

Yoo, minna-san!!!!

Hoje é um dia feliz e contente, no qual iniciamos o segundo volume de Oregairu!!!

Porém, embora seja um dia feliz, tenho algumas considerações a fazer... 
A primeira delas diz respeito aos comentários... Já notei que quando solicito comentários em uma postagem, vocês atendem o pedido NAQUELA POSTAGEM, mas logo desaparecem... Também notei que é comum que a maioria comente apenas nos projetos mais "populares" da Reiki... Queremos que vocês nos deem um feedback também nos projetos menos conhecidos (tipo oreshura... é raro alguém comentar em oreshura....)

Em segundo lugar, quero reforçar algo que já está lá na nossa página do Facebook. NENHUM dos projetos está parado ou dropado! Acontece que temos uma staff muito reduzida, muito mesmo, e todos nós temos nossas próprias vidas com as quais lidar... Trabalho, faculdade, relacionamentos... São muitos aspectos com os quais vocês mesmos também tem de lidar, então por que seria diferente com a gente? Mesmo assim, fazemos sempre um esforço gigantesco para lançar, no mínimo, um capítulo por semana... As vezes atrasa, como aconteceu dessa vez, pois imprevistos acontecem, mas nunca ficamos mais de 15 dias sem lançar capítulos. Que fique claro uma coisa, eu não estou dizendo para vocês pararem de reclamar, até porque isso mostra que vocês estão ansiosos pelo projeto, o que é gratificante para nós. Estou apenas esclarecendo a razão pela demora de um projeto ou outro.

Dito isso, precisamos de staff... Principalmente de editores... Então, se você sabe mexer com photoshop ou algum outro editor de imagens, tem tempo disponível e vontade de ajudar, entre em contato com a gente na página de contatos (em breve teremos uma página específica para recrutamento... É só eu conseguir tempo para bolar os testes de tradução e revisão kkkk)

Bom, esse post ficou gigantesco, o que não é muito a minha cara, mas espero que me perdoem com esse prólogo divertido e com fanservice hahahaha... XD

Prólogo - MEGA


0 comentários:

Postar um comentário